Pages

domingo, 2 de dezembro de 2012

Acentuação Gráfica - Nova Ortografia

Reensino (acentuação gráfica) 

Oi, Turminha!
Esta tabela facilitará o estudo das regras de acentuação gráfica . 
Disponível em:>Disponível em:http://educacao.uol.com.br/disciplinas/portugues/reforma-ortografica-acentuacao-grafica-tabela-traz-regras-ja-de-acordo-com-a-nova-ortografia.htm


Tipo de palavra ou sílabaQuando acentuarExemplos (como eram)Observações (como ficaram)
Proparoxítonassempresimpática, lúcido, sólido, cômodoContinua tudo igual ao que era antes da nova ortografia. Observe: Pode-se usar acento agudo ou circunflexo de acordo com a pronúncia da região: acadêmico, fenômeno (Brasil) académico, fenómeno (Portugal).
ParoxítonasSe terminadas em: R, X, N, L, I, IS, UM, UNS, US, PS, Ã, ÃS, ÃO, ÃOS; ditongo oral, seguido ou não de Sfácil, táxi, tênis, hífen, próton, álbum(ns), vírus, caráter, látex, bíceps, ímã, órfãs, bênção, órfãos, cárie, árduos, pólen, éden.Continua tudo igual. Observe: 1) Terminadas em ENS não levam acento: hifens, polens. 2) Usa-se indiferentemente agudo ou circunflexo se houver variação de pronúncia: sêmen, fêmur (Brasil) ou sêmen, fémur (Portugal). 3) Não ponha acento nos prefixo paroxítonos que terminam em R nem nos que terminam em I: inter-helênico, super-homem, anti-herói, semi-internato.
OxítonasSe
terminadas em: A, AS, E, ES, O, OS, EM, ENS
vatapá, igarapé, avô, avós, refém, parabénsContinua tudo igual. Observe: 1. terminadas em I, IS, U, US não levam acento: tatu, Morumbi, abacaxi. 2. Usa-se indiferentemente agudo ou circunflexo se houver variação de pronúncia: bebê, purê (Brasil); bebé, puré (Portugal).
Monossílabos tônicos (são oxítonas também)terminados em A, AS, E, ES, O,OSvá, pás, pé, mês, pó, pôsContinua tudo igual. Atente para os acentos nos verbos com formas oxítonas: adorá-lo, debatê-lo, etc.
Í e Ú em palavras oxítonas e paroxítonasÍ e Ú levam acento se estiverem sozinhos na sílaba (hiato)r4saída, saúde, miúdo, aí, Araújo, Esaú, Luís, Itaú, baús, Piauí1. Se o i e u forem seguidos de s, a regra se mantém: balaústre, egoísmo, baús, jacuís. 2. Não se acentuam i e u se depois vier 'nh': rainha, tainha, moinho. 3. Esta regra é nova: nas paroxítonas, o i e u não serão mais acentuados se vierem depois de um ditongo: baiuca, bocaiuva, feiura, maoista, saiinha (saia pequena), cheiinho (cheio). 4. Mas, se, nas oxítonas, mesmo com ditongo, o i e u estiverem no final, haverá acento: tuiuiú, Piauí, teiú.
Ditongos abertos em palavras paroxítonasEI, OIidéia, colméia, bóiaEsta regra desapareceu (para palavras paroxítonas). Escreve-se agora: ideia, colmeia, celuloide, boia. Observe: há casos em que a palavra se enquadrará em outra regra de acentuação. Por exemplo: contêiner, Méier, destróier serão acentuados porque terminam em R.
Ditongos abertos em palavras oxítonasÉIS, ÉU(S), ÓI(S)papéis, herói, heróis, troféu, céu, mói (moer)Continua tudo igual (mas, cuidado: somente para palavras oxítonas com uma ou mais sílabas).
Verbos arguir e redarguir (agora sem trema)arguir e redarguir usavam acento agudo em algumas pessoas do indicativo, do subjuntivo e do imperativo afirmativo.Esta regra desapareceu. Os verbos arguir e redarguir perderam o acento agudo em várias formas (rizotônicas): eu arguo (fale: ar-gú-o, mas não acentue); ele argui (fale: ar-gúi), mas não acentue.
Verbos terminados em guar, quar e quiraguar enxaguar, averiguar, apaziguar, delinquir, obliquar usavam acento agudo em algumas pessoas do indicativo, do subjuntivo e do imperativo afirmativo.Esta regra sofreu alteração. Observe:. Quando o verbo admitir duas pronúncias diferentes, usando a ou i tônicos, aí acentuamos estas vogais: eu águo, eles águam e enxáguam a roupa (a tônico); eu delínquo, eles delínquem (í tônico). tu apazíguas as brigas; apazíguem os grevistas. Se a tônica, na pronúncia, cair sobre o u, ele não será acentuado: Eu averiguo (diga averi-gú-o, mas não acentue) o caso; eu aguo a planta (diga a-gú-o, mas não acentue).
ôo, eevôo, zôo, enjôo, vêemEsta regra desapareceu. Agora se escreve: zoo, perdoo veem, magoo, voo.
Verbos ter e virna terceira pessoa do plural do presente do indicativoeles têm, eles vêmContinua tudo igual. Ele vem aqui; eles vêm aqui. Eles têm sede; ela tem sede.
Derivados de ter e vir (obter, manter, intervir)na terceira pessoa do singular leva acento agudo; na terceira pessoa do plural do presente levam circunflexoele obtém, detém, mantém; eles obtêm, detêm, mantêmContinua tudo igual.
Acento diferencialEsta regra desapareceu, exceto para os verbos: PODER (diferença entre passado e presente. Ele não pôde ir ontem, mas pode ir hoje. PÔR (diferença com a preposição por): Vamos por um caminho novo, então vamos pôr casacos; TER e VIR e seus compostos (ver acima). Observe: 1) Perdem o acento as palavras compostas com o verbo PARAR: Para-raios, para-choque. 2) FÔRMA (de bolo): O acento será opcional; se possível, deve-se evitá-lo: Eis aqui a forma para pudim, cuja forma de pagamento é parcelada.
Trema (O trema não é acento gráfico.)
Desapareceu o trema sobre o U em todas as palavras do português: Linguiça, averiguei, delinquente, tranquilo, linguístico.
Exceto as de língua estrangeira: Günter, Gisele Bündchen, müleriano
Disponível em:http://educacao.uol.com.br/disciplinas/portugues/reforma-ortografica-acentuacao-grafica-tabela-traz-regras-ja-de-acordo-com-a-nova-ortografia.htm

Exercícios
1. (ALERJ-FESP) A palavra que deve ser acentuada pela mesma razão de pássaro é:
a) cafe
b) benção
c) automovel
d) raízes
e) lampada

  1. 2. (TRT-RJ) As palavras três, literário e autônomo são assinaladas com acento gráfico em face das mesmas regras que justificam o acento, respectivamente em:

a)   mês, contrário, caído

b)   pá, íeis, átimo

c)    lês, temerário, pôquer
d)   só, mútuo, ímpar
e)   véu, início, cômodo
3. TJ-SP) Quando à acentuação, assinale a alternativa em que as palavras seguem, respectivamente, as mesmas regras das palavras ônibus, Itália e caju.

a)   várzea – cerâmica – tabu
b)   corrói – zebu – pânico
c)    avô – tórax – caracóis
d)   pássaro – róseo – guri
e)   juízes – Bauru – ímpar
4. (SSP-SP) Assinale a alternativa em que não há erros quanto à acentuação das palavras:

a)   Itália – rubrica – vintém – júri – hífens
b)   Hamburger – saíram – mártir – tórax – guianês
c)    Índigo – jurisprudência – júbilo – juá – ludríbrio
d)   Lotus – maieutica – pequenez – periélio – pitéu
e)   Preá – urgência – umero – viés – xérox

5. (TRE-MT) Segue a mesma acentuação de país a palavra:

a)   saúde
b)   grêmios
c)    aliás
d)   heróis
e)   táxi

6. (TRT-PR) Assinale o item a seguir em que as palavras destacadas são acentuadas em função da mesma regra ortográfica.

a)   é – céu
b)   maniqueísta – rígida
c)    alguém – céu
d)   territórios – coincidência
e)   maniqueísta – crédito

7. (Inca) Grécia é a palavra que leva acento gráfico pelo mesmo motivo de uma outra palavra a seguir, qual?
a)   oráculo
b)   morrerás
c)    ambíguas
d)   intérpretes
e)português

8. (MP-RS) Assinale a alternativa que contém a única palavra acentuada corretamente:
a)   caractéres, júniores
b)   condôr, aváro
c)    recórde, circúito
d)   ibéro, circúito
e)   diabete, ínterim

9. (TRF-RJ) Dos conjuntos dos vocábulos abaixo, o único em que todas as palavras seguem a mesma regra de acentuação gráfica a que obedecem os acentos de indivíduo e contínua é:
a) tênue, mútuos, história
b) cárie, oblíquo, substituí
c) pastéis, heróis, Pádua
d) Icaraí, vários, relógio
e) colégio, Cláudia, ônus


10. (CMB) Em apenas uma das opções todas as palavras devem receber acento gráfico. Assinale-a:
a)   gratis – taxi – caruru
b)   fenomeno – refens – juiz
c)    ima – tenis – monetario
d)   inclui – poluido – bainha
e)   fregueses – niquel – insonia


11. (UEPG-PR) Obedecendo às regras, coloque, se necessário, acento gráfico nas palavras em destaque; depois, respectivamente, marque a alternativa correta.

O juiz inflexivel foi à ruina de Estevão, o qual não atendia aos reclamos dos orfãos.

a)   não há, agudo, agudo, circunflexo, não há
b)   agudo, agudo, agudo, não há, não há
c)    não há, agudo, agudo, circunflexo, agudo
d)   agudo, agudo, não há, não há, agudo
e)   não há, agudo, não há, circunflexo, agudo

12. O uso do acento diferencial, consoante as novas regras, é facultativo nos seguintes casos, exceto em:

a) fôrma (significando molde) 
b) pôde (no pretérito perfeito do indicativo);
c) cantámos (no pretérito perfeito do indicativo);
d) amámos (no pretérito perfeito do indicativo);
e) dêmos (no presente do subjuntivo).




13.  Identifique a alternativa em que um dos vocábulos, segundo o Acordo Ortográfico, recebeu indevidamente acento gráfico:

      a) céu – réu – véu;
b) chapéu – ilhéu – incréu;
c) anéis – fiéis – réis;
d) mói – herói – jóia;
e) anzóis – faróis – lençóis.

14. Nenhum vocábulo deve receber acento gráfico, exceto:
       a) abacaxi
       b) ideia
       c) assembleia
       d) heroi
       e) voo


Gabarito - 
1. e, 2. b, 3. d, 4. c, 5 a, 6. d, 7. c, 8.e, 9. a, 10. c, 11. c, 12.b, 13. d, 14. d

18 comentários:

  1. Professora Helena, perdoe-me por minha ignorância, mas tem certas coisas da nova ortografia que eu tenho achado um tanto difícil de acostumar... Por exemplo, as palavras ideia e assembleia, mencionadas no último exercício... Às vezes, dá uma vontade de colocar o danado do acento grave... Mas, ainda assim, tenho de concordar: Português é lindo mesmo!
    Excelente semana!...

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Sr. Geraldo,

    Resista à tentação!

    Uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    professora Helena
    Eu sou meia ruim eu portugu~es mais me esforço para ter uma nota boa,eu só quero tirar uma dúvida com a senhora:Na segunda questão,eu não entendi!!!!!!!!!!!! me explica??

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida!

    Letra B porque três e um monossílabo tônico como pá, contrário e paroxítona como íeis (2ª pess. pl. pret. imperf. ind. de ir), e autônomo é proparoxítona como átimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi o porquê que a letra E não está correta:
      véu (Monossílabo tônico);
      início (paroxítona terminada em ditongo);
      cômodo (proparoxítona) assim como
      três (monossílabo tônico);
      contrário (paroxítona terminada em ditongo);
      átimo (proparoxítona).

      Se deixei passar algum detalhe me perdoe, mas queria a elucidação desta questão. Obrigado!

      Excluir
    2. Oi, Daniel!

      Em sala de aula, nós resolvemos a questão. Há duas certas.

      Você está certíssimo.

      Excluir
  5. olá tudo bem!
    Fiquei com uma dúvida gostaria que me respondesse quando puder para meu e-mail fernanda-diasg@hotmail.com.
    Por que os ditongos abertos éi, ói e éu são acentuados mas ideia não?
    Agradeço desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, desculpe pela demora, não atentei ao seu comentário.
      Observe: "Os ditongos abertos em palavras paroxítonas, desapareceram." Veja acima. Esse é o motivo da palavra ideia, paroxítona, não receber o acento gráfico.

      Um abraço!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. Olá Professora seu trabalho é ótimo. Mas tenho algumas dúvidas: Por que LITERÁRIO, INÍCIO e RÓSEO têm acento se são palavras paroxítonas terminadas em "O" ? E ITÁLIA, que também é paroxítona e terminada em "A" ?
    Por favor me ajude, desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida!
      Hambúrguer tem acento agudo na letra u.

      Excluir
  7. Oi, gostaria de saber por que HAMBURGUER nao tem acento se é paroxitona e termina em R ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida!
      Hambúrguer tem acento agudo na letra u.

      Excluir
  8. Olá , gostaria de saber por que a resposta da 5 é "a" ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      O i e u tônicos do hiato são acentuados quando isolados na sílaba ou acompanhados de s.

      Excluir
  9. Oi, Mali!

    Sim, o adjetivo idêntico continua acentuado.

    Um abraço!

    ResponderExcluir