Pages

sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Navidad!


"Pois já nasceu uma criança, Deus nos mandou um menino que será o nosso rei. Ele será chamado de
"Conselheiro Maravilhoso", "Deus Poderoso", "Pai Eterno", "Príncipe da Paz"."

Isaías 9.6



FELIZ NATAL!


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

De férias ou em férias?



Nada disso importa! O importante é aproveitar para orar, descansar, passear, namorar ...


Mas para não perder o costume, aí vai a resposta: tanto faz! Pode-se dizer das duas maneiras.
Exemplo - Vou entrar em férias. / Vou entrar de férias.

Mas basta você acrescentar um adjetivo às férias para que se reduzam as opções. Nesse caso, somente se deve usar a preposição em.
Exemplo - Os professores entrarão em férias regulamentares amanhã.

Beijos e boas férias!!!



terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Recuperação - É nóis!



 
Calma! Só mais um pouquinho de tempo e as férias chegarão. "Tão somente esforça-te e tem bom ânimo " Josué 1.7

" A recuperação é uma chance de esclarecer dúvidas com o professor, aprender o que foi deixado passar e de ter uma nova avaliação a fim de poder passar de ano. É um momento de estudo específico, ou seja, um momento para estudar somente as matérias que foram de difícil entendimento."

Duas palavras: vamos estudar!

Beijo!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

VOZES VERBAIS

1. A locução verbal que constitui voz passiva analítica é:




a) fazer essa operação?

b) Você teria realizado tal cirurgia?

c) Realizou-se logo a intervenção.

d) A operação foi realizada logo.



2. O seguinte período apresenta uma forma verbal na voz passiva: "as pessoas comprometidas com a corrupção deveriam ser punidas de forma mais rigorosa". Qual a alternativa que apresenta a forma verbal ativa correspondente?



a) deveria punir

b) puniria

c) puniriam

d) deveriam punir



3. A oração "o alarma tinha sido disparado pelo guarda" está na voz passiva. Assinale a alternativa que apresenta a forma verbal ativa correspondente.



a) disparara

b) fora disparado

c) tinham disparado

d) tinha disparado



4. A oração "o engenheiro podia controlar todos os empregados da estação ferroviária" está na voz ativa. Assinale a forma verbal passiva correspondente.



a) podiam ser controlados

b) seriam controlados

c) podia ser controlado

d) controlavam-se



5. Assinale a oração que não tem condições de ser transformada em passiva.



a) As novelas substituíram os folhetins do passado

b) O diretor reuniu para esta novela um elenco especial

c) Alguns episódios estão mexendo com as emoções do público

d) O autor extrai alguns detalhes do personagem de pessoas conhecidas



Instruções para as questões subsequentes: Passe a frase dada, se for ativa, para a voz passiva, e vice-versa. Assinale a alternativa que, feita a transformação, substitui corretamente a forma verbal grifada, sem que haja mudança de tempo e modo verbais.



6. Não se faz mais nada como antigamente.



a) é feito

b) têm feito

c) foi feito

d) fazem



7. Saí de lá com a certeza de que os livros me seriam enviados por ele, sem falta, na data marcada.



a) iria enviar

b) foram enviados

c) enviará

d) enviaria



8. Em meio àquele tumulto, ele ia terminando o complicado trabalho.



a) foi terminando

b) foi sendo terminado

c) foi terminado

d) ia sendo terminado



9. Seria bom que o projeto fosse submetido à apreciação da equipe, para que se retificassem possíveis falhas.



a) submeteram - retifiquem

b) submeter - retificar

c) submetessem - retificassem

d) se submetesse - retifiquem



10. Se fôssemos ouvidos, muitos aborrecimentos seriam evitados.



a) ouvíssemos - estaríamos

b) formos ouvidos - serão evitados

c) nos ouvissem - se evitariam

d) nos ouvissem – evitariam

Gabarito:

1.D 2.D 3.D 4. A 5.C 6.D 7.D 8.D 9.C 10.D



Disponível em > http://gramaticaelinguagem.blogspot.com/2010/11/exercicios-sobre-vozes-verbais.html





segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

EXERCÍCIOS - REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL

1. (UFPA) Assinale a alternativa que contém as respostas corretas.

I. Visando apenas os seus próprios interesses, ele, involuntariamente, prejudicou toda uma família.

II. Como era orgulhoso, preferiu declarar falida a firma a aceitar qualquer ajuda do sogro.

III. Desde criança sempre aspirava a uma posição de destaque, embora fosse tão humilde.

IV. Aspirando o perfume das centenas de flores que enfeitavam a sala, desmaiou.

a) II, III, IV

b) I, II, III

e) I, III, IV

d) I, III

e) I, II



2. (UFAM) Assinale o item em que há erro quanto à regência:



a) São essas as atitudes de que discordo.

b) Há muito já lhe perdoei.

c) Informo-lhe de que paguei o colégio.

d) Costumo obedecer a preceitos éticos.

e) A enfermeira assistiu irrepreensivelmente o doente.



3. (UNIMEP-SP) Quando implicar tem sentido de “acarretar”, “produzir como conseqüência”, constrói-se a oração com objeto direto, como se vê em:



a) Quando era pequeno, todos sempre implicaram comigo.

b) Muitas patroas costumam implicar com as empregadas domésticas.

c) Pelo que diz o assessor, isso implica em gastar mais dinheiro.

d) O banqueiro implicou-se em negócios escusos.

e) Um novo congelamento de salários implicará uma reação dos trabalhadores.



4. (FMU-SP) Assinale a única alternativa incorreta quanto à regência do verbo.



a) Perdoou nosso atraso no imposto.

b) Lembrou ao amigo que já era tarde.

c) Moraram na rua da Paz.

d) Meu amigo perdoou ao pai.

e) Lembrou de todos os momentos felizes.



05. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que há erro de regência verbal.



a) Os padres das capelas que mais dependiam do dinheiro desfizeram-se em elogios à garota.

b) As admoestações que insisti em fazer ao rábula acabaram por não produzir efeito algum.

e) Nem sempre o migrante, em cujas faces se refletia a angústia que lhe ia na alma, tinha como resolver a situação.

d) Era uma noite calma que as pessoas gostavam, nem fria nem quente demais.

e) Nem sempre o migrante, cujas faces refletiam a angústia que lhe ia na alma, tinha como resolver a situação.



06. (UFG) Indique a alternativa correta.



a) Sempre pago pontualmente minha secretária.

b) Você não lhe viu ontem.

e) A sessão fora assistida por todos os críticos.

d) Custei dois anos para chegar a doutor.

e) O ideal a que visavam os parnasianos era a perfeição estética.



07. (UFSCar-SP) Assinale a alternativa correta quanto à regência:



a) A peça que assistimos foi muito boa.

b) Estes são os livros que precisamos.

c) Esse foi um ponto que todos se esqueceram.

d) Guimarães Rosa é o escritor que mais aprecio.

e) O ideal que aspiramos é conhecido por todos.



08. (Mack-SP) Assinale a alternativa incorreta quanto à regência verbal:



a) Ele custará muito para me entender.

b) Hei de querer-lhe como se fosse minha filha.

c) Em todos os recantos do sítio, as crianças sentem-se felizes, porque aspiram o ar puro.

d) O presidente assiste em Brasília há quatro anos.

e) Chamei-lhe sábio, pois sempre soube decifrar os enigmas da vida.



09. (CEFET-PR) Assinale a alternativa que apresenta incorreção quanto à regência:



a) Nós nos valemos dos artifícios que dispúnhamos para vencer.

b) Ele preferiu pudim a groselha.

c) O esporte de que gosto não é praticado no meu colégio.

d) Sua beleza lembrava a mãe, quando apenas casada.

e) Não digo com quem eu simpatizei, pois não lhe interessa.



10. (Conc. Investigador de Policia) Assinale a alternativa que apresenta um desvio em relação à regência verbal.



a) Simpatizei com toda a diretoria e com as novas orientações.

b) Há alguns dos novos diretores com os quais não simpatizamos.

c) A firma toda não se simpatizou com a nova diretoria.

d) Somente o tesoureiro não simpatizou com a nova diretoria.



11. (Conc. Escrivão de Polícia) Assinale a alternativa em que o significado do verbo apontado entre parênteses não corresponde à sua regência.



a) Com sua postura séria, o diretor assistia todos os funcionários dos departamentos da empresa. (ajudar)

b) No grande auditório, o público assistiu às apresentações da Orquestra Experimental. (ver)

c) Esta é uma medida que assiste aos moradores da Vila Olímpia. (caber)

d) Estudantes brasileiros assistem na Europa, durante um ano. (observar)




Resolução:
1a, 2c, 3e,4e,5d,6e, 7d, 8a, 9a, 10c, 11d

Disponível em >http://www.passeiweb.com/na_ponta_lingua/sala_de_aula/portugues/gramatica/sintaxe/gramatica_sintaxe_reg_verbal_nom_2_fase_exerc_resp

Exercícios - Colocação pronominal

Questões:
Nos testes de 01 a 03, assinale a alternativa que apresenta erro de colocação pronominal
01.

a) Alguém me disse que tu amas novamente.

b) Esvaindo-se em sangue, o criminoso conseguiu pôr-se a salvo.

c) Em se tratando de dificuldades, ele sempre se portava com a maior dignidade possível.

d) Diria-te toda a verdade, se dissesses-me por que te perseguiam.

e) Nada nos foi informado sobre a realização dos exames finais.


02.

a) Os matutos propuseram-se a trabalhar por muito pouco.

b) Não se chegou a nenhuma conclusão lógica sobre a solução do problema.

c) Colocou-se a disposição daqueles que o criticavam, para dirimir qualquer dúvida sobre seu comportamento.

d) Isto se passou em casa de nossos amigos.

e) Chegaria cedo à festa de encerramento do ano letivo.


03.

a) O fato a que você se referiu ontem foi discutido por todos aqueles que se propuseram a cooperar conosco.

b) Depois de revê-la, apossou-se dele uma tristeza profunda.

c) Me entregou os originais e me disse que não os considerava dignos de serem publicados.

d) Esperava-se que tudo se acalmasse com a chegada do responsável pelo setor.

e) Estando a examiná-lo, o médico disse-lhe que a doença não era séria.


04. “Mestre Romão ordenou que _______________ o cravo para a sala do fundo, que dava para o quintal: ________________ preciso ar.” (M.A.)

a) lhe levassem – era-lhe

b) levassem-lhe – era-lhe

c) levassem-lhe – lhe era

d) lhe levassem – lhe era

e) levassem-no – era-lhe


05. “Algumas notas chegaram a ____________ ;ele ___________ obra de uma folha de papel, não mais.”(M.A.)

a) se ligar – escreveu-as

b) ligar-se – escreveu-as

c) ligar-se – escreveu-lhe

d) se ligar – lhes escreveu

e) se ligar – as escreveu


06. Em que alternativa NÃO há erro na colocação do pronome?

a) Preciso vê-lo, me disse o rapaz.

b) Este é um trabalho que absorve-se muito.

c) Far-se-á tudo para que se salvem.

d) Não arrepender-se-ia de haver dito a verdade.

e) Em pondo-se o sol os pássaros debandam.


07. (CESGRANRIO) Indique a estrutura verbal que CONTRARIA a norma oculta:

a) Ter-me-ão elogiado.

b) Tinha-me lembrado.

c) Teria-me lembrado.

d) Temo-nos esquecido.

e) Tenho-me alegrado.


08. (MACKENZIE) Assinale a alternativa que apresenta erro de colocação pronominal:

a) Você não devia calar-se.

b) Não lhe darei qualquer informação.

c) O filho não o entendeu.

d) Se apresentar-lhe os pêsames, faça-o discretamente.

e) Ninguém quer aconselhá-lo.


09. (MED. SANTO ANDRÉ) Assinale a alternativa em que todos os pronomes pessoais estão colocados corretamente, segundo o uso clássico da língua portuguesa:

a) Eu o vi, não lhe falei, darei-te o livro.

b) Eu o vi, falei-lhe, nada lhe direi.

c) Nada dir-lhe-ei, não o estimo, Deus ajude-nos.

d) Deus nos ajude! Não quero te ofender, mas vai-te embora.

e) Me dá o livro, que eu te devolvo assim que o ler.


10. (OMEC) Assinale a frase em que há pronome enclítico:

a) Far-me-ás um favor?

b) Nada te direi a respeito.

c) Convido-te para a festa.

d) Não me fales mais nisso.

e) Dir-se-ia uma incoerência.


Resolução:

01. D

02. E

03. C

04. A

05. A

06. C

07. C

08. D

09. B
10. C

Concordância verbal

Questões:

1. Assinale a opção em que há erro de conjugação verbal em relação à norma culta da língua:

a) Se ele vir o nosso trabalho, ficará muito doente.
b) Não desanimes; continua batalhando.
c) Meu pai interveio na discussão.
d) Se ele reouvesse o que havia perdido.
e) Quando eu requiser a segunda via do documento...


2. A única frase que NÃO apresenta desvio em relação à concordância verbal recomendada pela norma culta é:

a) A lista brasileira de sítios arqueológicos, uma vez aceita pela Unesco, aumenta as chances de preservação e sustentação por meio do ecoturismo.

b) Nenhum dos parlamentares que vinham defendendo o colega nos últimos dias inscreveram-se para falar durante os trabalhos de ontem.

c) Segundo a assessoria, o problema do atraso foi resolvido em pouco mais de uma hora, e quem faria conexão para outros Estados foram alojados em hotéis de Campinas.

d) Eles aprendem a andar com bengala longa, o equipamento que os auxilia a ir e vir de onde estiver para onde entender.

e) Mas foram nas montagens do Kirov que ele conquistou fama, especialmente na cena “Reino das Sombras”, o ponto mais alto desse trabalho.


3. A única frase em que as formas verbais estão corretamente empregadas é:

a) Especialistas temem que órgãos de outras espécies podem transmitir vírus perigosos.

b) Além disso, mesmo que for adotado algum tipo de ajuste fiscal imediato, o Brasil ainda estará muito longe de tornar-se um participante ativo do jogo mundial.

c) O primeiro-ministro e o presidente devem ser do mesmo partido, embora nenhum fará a sociedade em que eu acredito.

d) A inteligência é como um tigre solto pela casa e só não causará problema se o suprir de carne e o manter na jaula.

e) O nome secreto de Deus era o princípio ativo da criação, mas dizê-lo por completo equivalia a um sacrilégio, ao pecado de saber mais do que nos convinha.


4. (FUVEST) Complete as frases abaixo com as formas corretas dos verbos indicados entre parênteses.

a) Quando eu _________________ os livros, nunca mais os emprestarei. (reaver)

b) Os alienados sempre ______________ neutros. (manter-se)
c) As provas que _____________ mais erros seriam comentadas. (conter)
d) Quando ele _________________ uma canção de paz, poderá descansar. (compor)


5. (FGV) Nas questões abaixo, ocorrem espaços vazios. Para preenchê-los, escolha um dos seguintes verbos: fazer, transpor, deter, ir. Utilize a forma verbal mais adequada.

1) Se _______________ dias frios no inverno, talvez as coisas fossem diferentes.

2) Quando o cavalo ________________ todos os obstáculos, a corrida terminará.

3) Se o cavalo _______________ mais facilmente os obstáculos, alcançaria com mais folga a linha de chegada.

4) Se a equipe econômica não se __________________ nos aspectos regionais e considerar os aspectos globais, a possibilidade de solução será maior.

5) Caso ela ______________ ao jogo amanhã, deverá pagar antecipadamente o ingresso.


6. (ENG. MACK) As formas que completariam o período “Pagando parte de suas dívidas anteriores, o comerciante ________________ novamente seu armazém, sem que se __________ com seus credores, para os quais voltou a merecer confiança”, seriam:


a) proveu – indispusesse

b) proviu – indispuzesse

c) proveio – indispuzesse

d) proveio – indispusesse

e) n.d.a.


7. (UFSCar) “O acordo não ______ as reivindicações, a não ser que ______ os nossos direitos e _____ da luta.”

a) substitui – abdicamos – desistimos

b) substitue – abdicamos – desistimos

c) substitui – abdiquemos – desistamos

d) substitui – abidiquemos – desistimos

e) substitue – abdiquemos – desistamos


8. Complete os espaços com um dos verbos colocados nos parênteses:

a) ________________os filhos e o pai...

(chegou/chegaram)

b) Fomos nós que _______________ na questão.

(tocou/tocamos)

c) Não serei eu quem _________________ o dinheiro.

(recolherei/ recolherá)

d) Mais de um torcedor _______________________ estupidamente.

(agrediu-se/agrediram-se)

e) O fazendeiro com os peões __________________ a cerca.

(levantou/ levantaram)

9. Como no exercício anterior.
a) _____________ de haver algumas mudanças no seu governo. (há/ hão)

b) Sempre que ______________ alguns pedidos, procure atendê-los rapidamente. (houver/ houverem)

c) Pouco me _______________ as desculpas que ele chegar a dar. (importa/ importam)
d) Jamais ______________ tais pretensões por parte daquele funcionário. (existiu/ existiram)

e) Tudo estava calmo, como se não ________________ havido tantas reivindicações. (tivesse/ tivessem)

10. Complete os espaços com um dos verbos colocados nos parênteses.
a) Espero que se _________________ as taxas de juro. (mantenha/ mantenham)

b) É importante que se _______________ outras soluções para o problema. (busque/ busquem)
c) Não se ______________ em pessoas que não nos olham nos olhos. (confia/confiam)

d) Hoje já não se __________________ deste modelo de carro. (gosta/ gostam)

e) A verdade é que ________________ certos pormenores pouco convincentes. (observou/observaram)


Resolução:
01 - E

02 - A

03 - E

04 - a) reouver

b) mantêm / mantiveram

c) contivessem

d) compuser

05 - 1) fizessem

2) transpuser

3) transpusesse

4) detiver

5) vá

06 - A

07 - E

08 - a) Chegaram

b) tocamos

c) recolherá

d) agrediram-se

e) levantaram



09 - a) Há

b) houver

c) importam

d) existiram

e) tivesse

10 - a) mantenham

b) busque

c) confia

d) gosta

e) observaram

Disponível>http://www.coladaweb.com/exercicios-resolvidos/exercicios-resolvidos-de-portugues/concordancia-verbal

Concordância nominal

Questões:


1. Complete os espaços com um dos nomes colocados nos parênteses.

a) Será que é __________________ essa confusão toda?
(necessário/ necessária)

b) Quero que todos fiquem ________________.
(alerta/ alertas)

c) Houve ____________ razões para eu não voltar lá.
(bastante/ bastantes)

d) Encontrei ____________ a sala e os quartos.
(vazia/vazios)

e) A dona do imóvel ficou __________ desiludida com o inquilino.
(meio/ meia)

2. (FUVEST) “Na reunião do Colegiado, não faltou, no momento em que as discussões se tornaram mais violentas, argumentos e opiniões veementes e contraditórias.”

No trecho acima, há uma infração as normas de concordância.

a) Reescreva-o com devida correção.
b) Justifique a correção feita.

3. Reescrever as frases abaixo, corrigindo-as quando necessário.
a) “Recebei, Vossa Excelência, os processos de nossa estima, pois não podem haver cidadãos conscientes sem educação.”
b) “Os projetos que me enviaram estão em ordem; devolvê-los-ei ainda hoje, conforme lhes prometi.”

4. Como no exercício anterior.

a) “Ele informou aos colegas de que havia perdido os documentos cuja originalidade duvidamos.”
b) “Depois de assistir algumas aulas, eu preferia mais ficar no pátio do que continuar dentro da classe.”

5. Reescrever as frases abaixo, corrigindo-as quando necessário.
a) “Faziam apenas dois meses que ela ficara viúva e mais de uma proposta de casamento apareceram; porém, deviam haver sérios motivos para ela recusá-las.”
b) “Se for levado em consideração as necessidades imediatas da escola, a reforma das instalações terão prioridade.”

6. Colocar: "C” quando correto, “E” quando errado
a) ( ) Amanhã se fará os últimos exames.

b) ( ) Restam-me alguns dias de férias.

c) ( ) Os Estados Unidos intervieram nos conflitos sul-africanos há alguns meses.

d) ( ) É necessária liberdade de expressão.

e) ( ) São crianças a cuja situação muita gente é insensível.

f) ( ) Envie algum dinheiro daquela casa de caridade.

g) ( ) Assisti e gostei muito daquele filme.

h) ( ) Não me pouparam esforços para que o rio fosse despoluído.

7. (CESBRANRIO) “Noites pesadas de cheiros e calores amontoados...”
Aponte a opção em que, substituídos os substantivos destacados acima, fica incorreta a concordância de “amontoado”.
a) nuvens e brisas amontoadas
b) odores e brisas amontoadas
c) nuvens e morros amontoados
d) morros e nuvens amontoados
e) brisas e odores amontoadas

8. (PUCCAMP) A frase em que a concordância nominal está correta é:

a) A vasta plantação e a casa grande caiados há pouco tempo era o melhor sinal de prosperidade da família.
b) Eles, com ar entristecidos, dirigiram-se ao salão onde se encontravam as vítimas do acidente.
c) Não lhe pareciam útil aquelas plantas esquisitas que ele cultivava na sua pacata e linda chácara do interior.
d) Quando foi encontrado, ele apresentava feridos a perna e o braço direitos, mas estava totalmente lúcido.
e) Esses livro e caderno não são meus, mas poderão ser importante para a pesquisa que estou fazendo.

9. (UNEB – BA) Assinale a alternativa em que, pluralizando-se a frase, as palavras destacadas permanecem invariáveis:
a) Este é o meio mais exato para você resolver o problema: estude só.
b) Meia palavra, meio tom - índice de sua sensatez.
c) Estava só naquela ocasião; acreditei, pois em sua meia promessa.
d) Passei muito inverno só.
e) Só estudei o elementar, o que me deixa meio apreensivo.
10. (MACKENZIE)
I. Os brasileiros somos todos eternos sonhadores.
II. Muito obrigadas! - disseram as moças.
III. Sr. Deputado, V. Exa. Está enganada.
IV. A pobre senhora ficou meio confusa.
V. São muito estudiosos os alunos e as alunas deste curso.
Há uma concordância inaceitável de acordo com a gramática

a) em I e II

b) em II, III e IV

c) apenas em II

d) apenas em III

e) apenas em IV

Resolução:

01. a) necessária b) alerta c) bastantes

d) vazia e) meio


02. a) "Na reunião do colegiado, não faltaram, no momento em que as discussões se tornaram mais violentas, argumentos e opiniões veementes e contraditórias."
b) Concorda com o sujeito "argumentos e opiniões".

03. a) “Receba, Vossa Excelência, os protestos de nossa estima, pois não pode haver cidadãos conscientes sem a educação.”
b) A frase está correta.

04. a) “Ele informou aos colegas que havia perdido (ou: ele informou os colegas de que havia perdido os documentos de cuja originalidade duvidamos.”
b) “Depois de assistir algumas aulas, eu preferia ficar no pátio a continuar dentro da classe.”

05. a) “Fazia apenas dois meses que ela ficara viúva e mais de uma proposta de casamento apareceu; porém, devia haver sérios motivos para ela recusá-las.”
b) “Se forem levadas em consideração as necessidades imediatas da escola, a reforma das instalações terá prioridade.

06. a) E b) C c) C d) E e) C f) E g) E h) C

07. E
08. E
09. E
10. D

Exercícios - CRASE

Oi, Turminha!

Exercícios para treino. Bom estudo!


Questões:01. Assinale a alternativa em que o uso da crase é obrigatório:

a) Um rapazito de paletó entrou na rua e foi perguntar à Machona pela Nhá Rita. (Aluísio Azevedo)

b) José Cândido não tinha nem a cor nem o título convenientes à sua filha. (R. Braga)

c) Mas o peru se adiantava até à beira da mata. (G. Rosa)

d) Todos, às vezes, precisam ficar bêbados, e por isso bebem. (R. Braga)

e) (...) evitei acompanhar Dr. Siqueira em suas visitas vespertinas à nossa bem amada. (J. Amado)

02. Qual das alternativas completa corretamente os espaços vazios?

I. E entre o sono e o medo, ouviu como se fosse de verdade o apito de um trem igual ____ que ouvira em Limoeiro. (J. Lins do Rego)
II. Habituara-se ______ boa vida, tendo de um tudo, regalada. (J. Amado)

III. Depois do meu telegrama (lembram: o telegrama em que recusei duzentos mil-réis ___ (pirata), a "Gazeta" entrou a difamar-me. (G. Ramos)

IV. Os adultos são gente crescida que vive sempre dizendo pra gente fazer isso e não fazer _____.

(Millôr Fernandes)

a) àquele, aquela, aquele, aquilo

b) àquele, àquela, aquele, aquilo

c) àquele, àquela, aquele, àquilo

d) àquele, àquela, àquele, aquilo

e) aquele, àquela, aquele, aquilo


03. (CESCEM) Sentou-se ___ máquina e pôs-se ___ reescrever uma ___ uma as páginas do relatório.

a) a / a / à

b) a / à / à

c) à / a / a

d) à / à / à

e) à / à / a

04. (FASP) Assinale a alternativa com erro de crase:

a) Você já esteve em Roma? Eu irei à Roma logo.

b) Refiro-me à Roma antiga, na qual viveu César.

c) Fui à Lisboa de meus avós, pois gosto da Lisboa de meus avós.

d) Já não agrada ir à Brasília. A gasolina...

e) nenhuma das alternativas está errada.

05. (ESAN) Das frases abaixo, apenas uma está correta, quanto à crase. Assinale-a:

a) Devemos aliar a teoria à prática.

b) Daqui à duas semanas ele estará de volta.

c) Puseram-se à discutir em voz alta.

d) Dia à dia, a empresa foi crescendo.

e) Ele parecia entregue à tristes cogitações.

06. (ABC - MED.) Nas alternativas que seguem, há três frases, que podem estar corretas ou não. Leia-as atentamente e marque a resposta certa:

I. O seu egoísmo só era comparável à sua feiúra.

II. Não pôde entregar-se às suas ilusões.

III. Quem se vir em apuros, deve recorrer à justiça.


a) Apenas a frase I está correta.
b) Apenas a frase II está correta.
c) Apenas as frases I e II estão corretas.
d) Apenas as frases II e III estão corretas.
e) As três frases estão corretas.


07. (FUND. LUSÍADA) Assinale a alternativa que completa corretamente o período: ____ noite estava clara e os namorados foram _____ praia ver a chegada dos pescadores que voltavam ____ terra.

a) Á / à / à

b) A / à / à

c) A / a / à

d) À / a / à

e) A / à / a


08. (ITA) Analisando as sentenças:

I. A vista disso, devemos tomar sérias medidas.

II. Não fale tal coisa as outras.

III. Dia a dia a empresa foi crescendo.

IV. Não ligo aquilo que me disse.

Podemos deduzir que:

a) Apenas a sentença III não tem crase.

b) As sentenças III e IV não têm crase.

c) Todas as sentenças têm crase.

d) Nenhuma sentença tem crase.

e) Apenas a sentença IV não tem crase.


09. (ABC - MED.) A alternativa em que o acento indicativo de crase não procede é:

a) Tais informações são iguais às que recebi ontem.

b) Perdi uma caneta semelhante à sua.

c) A construção da casa obedece às especificações da Prefeitura.

d) O remédio devia ser ingerido gota à gota, e não de uma só vez.

e) Não assistiu a essa operação, mas à de seu irmão.


10. (FUVEST) Indique a forma que não será utilizada para completar a frase seguinte:

"Maria pediu ____ psicóloga que ____ ajudasse ____ resolver o problema que ___ muito ____ afligia."

a) preposição (a)

b) pronome pessoal feminino (a)

c) contração da preposição a e do artigo feminino a (à)

d) verbo haver indicando tempo (há)

e) artigo feminino (a)


Resolução:
01. D
02. D
03. C
04. C
05. A
06. E
07. E
08. A
09. D
10. E

Disponível em > http://www.coladaweb.com/exercicios-resolvidos/exercicios-resolvidos-de-portugues/crase

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Ezequiel 37


Dry Bones from danDifelice on Vimeo.

A mão do Senhor estava sobre mim, e por seu Espírito ele me levou a um vale cheio de ossos.
Ele me levou de um lado para outro, e pude ver que era enorme o número de ossos no vale, e que os ossos estavam muito secos.
Ele me perguntou: “Filho do homem, esses ossos poderão tornar a viver? ” Eu respondi: “Ó Soberano Senhor, só tu o sabes”.
Então ele me disse: “Profetize a esses ossos e diga-lhes: ‘Ossos secos, ouçam a palavra do Senhor!
Assim diz o Soberano Senhor a estes ossos: Farei um espírito entrar em vocês, e vocês terão vida.
Porei tendões em vocês e farei aparecer carne sobre vocês e os cobrirei com pele; porei um espírito em vocês, e vocês terão vida. Então vocês saberão que eu sou o Senhor’ “.
E eu profetizei conforme a ordem recebida. E, enquanto profetizava, houve um barulho, um som de chocalho, e os ossos se juntaram, osso com osso.
Olhei, e os ossos foram cobertos de tendões e de carne, e depois de pele, mas não havia espírito neles.
A seguir ele me disse: “Profetize ao espírito; profetize, filho do homem, e diga-lhe: ‘Assim diz o Soberano Senhor: Venha desde os quatro ventos, ó espírito, e sopre dentro desses mortos, para que vivam’ “.
Profetizei conforme a ordem recebida, e o espírito entrou neles; eles receberam vida e se puseram de pé. Era um exército enorme!
Ezequiel 37:1-10



via umpontoum

Exercícios de revisão

ESPCEX - No período: “... no fundo eu não estava triste com a viagem de meu pai, era a primeira vez que ele ia ficar longe de nós por algum tempo ...”, a oração sublinhada é:


a) subordinada substantiva predicativa;

b) subordinada adjetiva restritiva;

c) subordinada adverbial de lugar;

d) subordinada substantiva subjetiva.


02) ESFAO - Somando os números correspondentes às orações corretas quanto à classificação das mesmas, você encontrará a resposta da questão.


“Garantiram-me que, depois de preenchido o formulário, que me enviaram pelo correio na segundafeira sem falta e pagar a minha taxa de inscrição, eu seria atendido em menos de quarenta e oito horas.” (F. Sabino)


(02) 1º oração: principal;

(08) 2º oração: subordinada substantiva objetiva direta;

(14) 3º oração: subordinada substantiva objetiva direta;

(20) 4º oração: subordinada adjetiva restritiva;

(26) 5º oração: coordenada sindética aditiva em relação à 3º e subordinada adverbial temporal em relação à 1ª.

a) 24

b) 36

c) 48

d) 56

e) 70



03) AFA - Em que alternativa, a oração subordinada não é da mesma natureza da que existe em “Quero que vocês escrevam uma composição”?



a) “E anunciou que não nos faria cantar.”

b) “Esperava um irmão que vinha buscá-la.”

c) “Vamos fazer de conta que estamos na aula de Português.”

d) “Circulava a história de que ela dormia no sótão do colégio.”



04) EFOMM - Assinale o par de orações grifadas cuja classificação está trocada:



a) Vi onde ela estuda. (subordinada substantiva objetiva direta)

É sabido onde ela estuda. (subordinada substantiva subjetiva)



b) Não chores, porque amanhã será um novo dia. (coordenada sindética explicativa)

Não chores porque erraste o problema. (subordinada adverbial causal)



c) Descobriu-se por quem o carro foi consertado. (subordinada adjetiva restritiva)

Descobriu-se a pessoa por quem o carro foi consertado. (subordinada substantiva subjetiva)



d) “Quando você foi embora, Fez-se noite em meu viver (...)” (subordinada adverbial temporal)

Perguntei ao professor quando faríamos a prova. (subordinada substantiva objetiva direta)



e) “Estêvão ficou ainda algum tempo encostado à cerca na esperança de que ela olhasse (...)”

(subordinada substantiva completiva nominal)


“A ambição e o egoísmo se opõem a que a paz reine sobre a Terra.” (subordinada substantiva objetiva indireta)



05) Colégio Naval

Vamos até a Matriz de Antônio Dias

onde repousa, pó sem esperança, pó sem lembrança, o Aleijadinho.

Vamos subindo em procissão a lenta ladeira.

Padres e anjos, santos e bispos nos acompanham

e tornam mais rica, tornam mais grave a romaria de assombração.

Mas já não há fantasmas no dia claro,

tudo é tão simples,

tudo tão nu,

as cores e cheiros do presente são tão fortes e tão urgentes

que nem se percebem catingas e rouges, boduns e ouros do século 18.

(O vôo sobre as igrejas, Carlos Drumond de Andrade)



O “que” do verso 10 apresenta o valor semântico de:


a) explicação;

b) condição;

c) conformidade;

d) conseqüência;

e) lugar.

06) Colégio Naval - No trecho: “Todos diziam que ela era orgulhosa, mas afinal descobri que não”, a última oração se classifica como:

a) coordenada sindética adversativa;

b) principal;

c) subordinada substantiva objetiva direta;

d) subordinada adverbial comparativa;

e) subordinada substantiva subjetiva.



07) AFA

Se o penhor dessa igualdade

Conseguimos conquistar com braço forte,

Em teu seio, ó Liberdade,

Desafia o nosso peito a própria morte!

- Mas, se ergues da justiça a clava forte,

Verás que um filho teu não foge à luta,

Nem teme, quem te adora, a própria morte,



As orações “Desafia o nosso peito a própria morte”, “que um filho teu não foge à luta” e “quem te adora” classificam-se, respectivamente, como:


a) principal, subordinada substantiva subjetiva, subordinada adjetiva restritiva;

b) principal, subordinada adverbial temporal, subordinada substantiva objetiva direta;

c) principal, subordinada substantiva objetiva direta, subordinada substantiva subjetiva;

d) coordenada assindética, subordinada substantiva objetiva direta, subordinada substantiva

apositiva.


08) EPCAR - Marque a alternativa que contém oração subordinada substantiva completiva nominal.

a) “Como fazem os pelintras de hoje para não molhar os pés nos dias de chuva?”

b) “Veio-me a desagradável impressão de que todo mundo reparava nas minhas galochas.”

c) “Um dia as galochas me serão úteis, quando eu for suficientemente velho para merecê-las.”

d) “No restaurante, onde entrei arrastando os cascos como um dromedário, resolvi me ver livre das galochas.”

e) “No centro da cidade um sol radioso varava as nuvens e caía sobre a rua, enchendo tudo de luz, fazendo evaporar as últimas poças de água que ainda pudessem justificar minhas galochas.”



09) EFOMM - Assinale o único exemplo em que não ocorre oração subordinada substantiva subjetiva:


a) “Cansativo que seja, urge atravessarmos o campo que banha o Rio Negro antes de anoitecer.”

b) “Todo escritor que surge reage contra os mais velhos, mesmo que o não perceba, e ainda que os admire.”

c) “Dormiram naquilo, tinham-se acostumado, mas seria mais agradável dormirem numa cama de lastro de couro.”

d) “É preciso que o pecador reconheça ao menos isto: que a Moral católica está certa e é

irrepreensível.”

e) “Sobre a multiplicidade informe e confusa dos bens da matéria é mister que paire a força

ordenadora do espírito.”



10) Colégio Naval - Somos uma pequena parte do elo, o miolo de envoltórios descomunais que

desconhecemos, arrogantes embora, na suposição de que é conosco que Deus se preocupa.

A última oração do texto deve ser classificada como subordinada:

a) adverbial concessiva;

b) substantiva completiva nominal;

c) adjetiva restritiva;

d) substantiva predicativa;

e) substantiva subjetiva.



11) ESFAO - Em “Dentro dela se abrigava a multidão de bárbaros e de estranhos ali recebidos com brandura e carinho” e “Tudo o que era natureza tinha o aspecto sinistro, trágico, desolador (...)”, temos, respectivamente:


a) uma oração com sujeito simples; / duas orações com sujeito representado por pronomes

(respectivamente, demonstrativo e relativo);

b) duas orações, uma com sujeito claro, outra, oculto; / duas orações, tendo a primeira o sujeito

simples representado por pronome relativo, a segunda, por um substantivo;

c) uma oração com sujeito composto cujos núcleos são bárbaros e estranhos; / duas orações,

estando a subordinada com sujeito oculto;

d) uma oração com sujeito simples; / uma oração com sujeito representado por pronome indefinido;

e) uma oração com sujeito pronominal; / uma oração com sujeito oracional.



12) EFOMM - “Não sei de onde te conheço.” A classificação correta da oração grifada está na opção:

a) substantiva predicativa;

b) adjetiva restritiva;

c) substantiva subjetiva;

d) substantiva objetiva indireta;

e) substantiva objetiva direta.



13) EPCAR

Quando uma nuvem nômade destila

gotas, roçando a crista azul da serra,

umas brincam na relva, outras tranqüilas,

serenamente entranham-se na terra.


E a gente fala da gotinha que erra

de folha em folha e, trêmula, cintila,

mas nem se lembra da que o solo encerra,

de que ficou no coração da argila!


Quanta gente, que zomba do desgosto

mudo, da angústia que não molha o rosto

e que não tomba, em gotas, pelo chão

havia de chorar, se adivinhasse

que há lágrimas que correm pela face

e outras que rolam pelo coração!

(Guilherme de Almeida)


Entre as alternativas abaixo, a única correta é:

a) não há oração adverbial no texto em apreço;

b) há menos de quatro orações adjetivas no soneto;

c) há oração substantiva sem sujeito;

d) na oração “que há lágrimas”, o que não é integrante;

e) não há pronome demonstrativo no referido texto.



14) CESGRANRIO - “Hoje, a dependência operacional está reduzida, uma vez que o Brasil adquiriu auto-suficiência na produção de bens como papel-imprensa (...)” A oração grifada no período acima tem valor:



a) condicional;

b) conclusivo;

c) concessivo;

d) conformativo;

e) causal.



15) Colégio Naval



“No entanto parece que os freqüentadores deste cinema

Estão perfeitamente deslembrados de que terão de morrer

- Porque em toda sala escura há um grande ritmo de esquecimento e equilíbrio.”



A última oração do poema tem valor:

a) subordinativo, revelando uma idéia de causa;

b) coordenativo, traduzindo uma idéia de explicação;

c) subordinativo, denotando conclusão;

d) coordenativo, traduzindo uma idéia de tempo;

e) subordinativo, revelando uma idéia de conseqüência.



16) UNIRIO - Assinale o item em que há uma oração adjetiva.


a) Perdão, por Deus, perdão - respondeu o pombo.

b) A pombinha, que era branca sem exagero, arrulhava, humilhada e ofendida com o atraso.

c) Perdeste a noção do tempo?

d) A tarde era tão bonita que eu tinha de vir andando.

e) O pombo caminhava pelo beiral mais alto, do outro lado. Um pouco além, gritavam as gaivotas.



17) Colégio Naval


Nada sei, afinal, da tua aparência no tempo, a não ser o que me contavam em casa, desde menino: que eras ruivo como eu, que vieste em vinte e quatro, com os primeiros colonos, e abandonaste logo a tua pobre lavoura, encravada nos matos de Sapucaia, para alistar-te entre os Farroupilhas.


Pudesse eu, armado de vidência, acompanhar-te o passo, Maria Klinger; ver claramente vistas as tuas andanças de colona; como venceste as veredas e picadas; como tomaste o caminho que ia dar nos arredores da cidade; como paraste, cansada, à sombra das árvores, ou foste pedir, na tua língua de trapos, um pouco de água para a tua sede (...)

Assinale o único item que não apresenta uma oração subordinada substantiva objetiva direta.


a) “(...) a não ser o que me contavam em casa (...)”

b) “(...) que eras ruivo como eu.”

c) “(...) e abandonaste logo a tua pobre lavoura (...)”

d) “(...) como venceste as veredas e picadas (...)”

e) “(...) ou foste pedir (...) um pouco de água para a tua sede”



18) PUC - “É preciso (I) levar tudo isso em conta (II) quando se analisa o (III) que está ocorrendo em nossos dias.” A classificação das orações subordinadas sublinhadas é, respectivamente:


a) adjetiva (I), adverbial (II), substantiva (III);

b) substantiva (I), adjetiva (II), substantiva (III);

c) adverbial (I), substantiva (II), adjetiva (III);

d) substantiva (I), adverbial (II), adjetiva (III);

e) adverbial (I), adverbial (II), substantiva (III).



19) ESPCEX - Marque a alternativa que indica a correta classificação das orações sublinhadas, segundo a ordem em que estas aparecem nas frases abaixo:



1) Robertinho, com ser inteligente, não foi aprovado no concurso.

2) Não é permitido transitar por esta rua.

3) Chocou-nos o seu modo áspero de falar, embora não tivesse o propósito de ofender a pessoa alguma.



a) subordinada substantiva apositiva, subordinada substantiva completiva nominal, subordinada adjetiva;

b) subordinada adverbial conformativa, subordinada substantiva predicativa, subordinada

completiva nominal;

c) subordinada adverbial concessiva, subordinada substantiva subjetiva, subordinada substantiva completiva nominal;

d) subordinada substantiva apositiva, subordinada substantiva subjetiva, subordinada adjetiva.

Resposta: __________



20) Colégio Naval - No período: “Quando o rei Herodes mandou decapitar crianças, eu o levei na fuga para o Egito”, as orações classificam-se, respectivamente:

a) subordinada adverbial temporal / subordinada substantiva objetiva direta / principal;

b) subordinada adverbial temporal / principal;

c) principal / substantiva objetiva direta / coordenada assindética;

d) coordenada sindética conclusiva / coordenada assindética;

e) subordinada adverbial proporcional / principal.



21) UNIRIO - Em “Entende-se bem que D. Tonica observasse a contemplação dos dois”. à oração principal segue-se uma oração subordinada:


a) substantiva subjetiva;

b) substantiva objetiva direta;

c) adjetiva restritiva;

d) adverbial causal;

e) adverbial concessiva.

22) ESFAO - Que oração subordinada substantiva em destaque é completiva nominal:


1) desejo que um dia me restitua uma parte de sua estima.

2) habituei-me a considerar a riqueza primeira força.

3) pensando que os poderia refazer mais tarde.

4) e os exemplos ensinavam-me que o casamento era meio legítimo.

5) o casamento era meio legítimo de adquiri-la.


23) EFOMM - Marque a classificação correta das orações destacadas no período: “Ao analisar o desempenho da economia brasileira, os empresários afirmaram que a produção e o lucro eram bastante razoáveis.”

a) subordinada adverbial temporal - subordinada substantiva objetiva direta;

b) principal - subordinada substantiva completiva nominal;

c) subordinada adverbial temporal - subordinada adjetiva restritiva;

d) principal - subordinada adverbial final;

e) subordinada adverbial condicional - subordinada substantiva subjetiva.



24) Colégio Naval - Marque a alternativa em que a oração destacada não se encontra corretamente classificada.

a) “Parece que eu não acreditava na história” - oração subordinada substantiva subjetiva;

b) “(...) torcíamos para ele subir mais” - oração subordinada adverbial final;

c) “Lembro-me (...) desse jardim que não existe mais.” - oração subordinada adjetiva restritiva;

d) “Lá fora, uma galinha cacareja, como antigamente.” - oração subordinada adverbial

comparativa;

e) “Diziam que São Pedro estava arrastando os móveis” - oração subordinada substantiva subjetiva.



25) UNIRIO - No período “Ah, arrulhou de repente a pomba, quando distinguiu, indignada, o pombo que chegava (...)”, as duas orações subordinadas são respectivamente:

a) adjetiva e adverbial temporal;

b) substantiva predicativa e adjetiva;

c) adverbial temporal e adverbial temporal;

d) adverbial temporal e adverbial consecutiva;

e) adverbial temporal e adjetiva.



26) EFOMM - Assinale a opção em que uma oração subordinada destoa das demais:

a) Nunca souberam como ele morreu.

b) É proibido falar ao motorista.

c) Diz-se que amor com amor se paga.

d) Nunca se sabe quando ele fala sério.

e) Importa apenas que os dois se respeitem.



27) UFRRJ - “Tal era a fúria dos ventos, que as copas das árvores beijavam o chão.” Neste período, a oração subordinada é adverbial:



a) concessiva;

b) condicional;

c) consecutiva;

d) proporcional;

e) final.



28) EFOMM - “Depois que o velho morresse, não teria mais graça saltar o muro para roubar fruta na sua horta.” As duas últimas orações do período são, respectivamente:

a) subordinada substantiva subjetiva / subordinada substantiva completiva nominal;

b) subordinada substantiva objetiva direta / subordinada adverbial final;

c) subordinada substantiva objetiva indireta / subordinada substantiva completiva nominal;

d) subordinada substantiva subjetiva / subordinada adverbial final;

e) subordinada substantiva predicativa / subordinada completiva nominal.



29) CESGRANRIO - Assinale a classificação correta da oração sublinhada:

“Caíra no fim do pátio, debaixo de um juazeiro, depois tomara conta da casa deserta.”

a) subordinada adverbial temporal;

b) subordinada adverbial proporcional;

c) subordinada adverbial consecutiva;

d) coordenada sindética conclusiva;

e) coordenada assindética.



30) Colégio Naval - No período: “E era uma tal multidão de astros a tremeluzir que, juro, às vezes, tinha a impressão de ouvir o burburinho infantil de suas vozes.”, o vocábulo sublinhado introduz uma oração:


a) subordinada adjetiva explicativa;

b) subordinada adverbial causal;

c) subordinada substantiva objetiva direta;

d) subordinada adverbial consecutiva;

e) subordinada adverbial concessiva.



31) PUC - “quando eu quiser sei onde achá-lo”. As orações sublinhadas são classificadas, respectivamente, como:

I

a) adverbial / adjetiva;

b) adverbial / adverbial;

c) adverbial / substantiva;

d) adjetiva / substantiva;

e) principal / adverbial.



32) EFOMM - Todas as orações estão analisadas corretamente, exceto:


a) Sem que me ajudasses, nada poderia fazer. (sub. adverbial condicional)

b) Os empregados estavam esgotados de modo que se retiraram imediatamente.

(sub. adv.consecutiva)

c) Admira-me que não tenhas podido chegar a tempo. (sub. substantiva subjetiva)

d) “Plante, que o João garante.” (coordenada sindética explicativa)

e) Fazia um calor de fritar ovos no chão. (sub. substantiva completiva nominal)



33) ESFAO - Marque a opção correta:



Comparando-se as duas falas de Esopo:



1º “Com a língua se ensina, se persuade ... se afirma.”

2º “É a língua que mente, que esconde ... que corrompe.”



Verifica-se na estruturação a seguinte característica:



a) apenas períodos compostos por subordinação;

b) na primeira, um período composto por coordenação; na segunda, um período composto por

subordinação;

c) orações sem sujeitos, pois todos os verbos são impessoais;

d) identidade sintática, mas oposição semântica;

e) semelhança semântica, sintática e morfológica.



34) Colégio Naval



“Sai, afastando-me dos grupos, e fingido ler os epitáfios. E, aliás, gosto dos epitáfios; eles são, entre a gente civilizada, uma expressão daquele pio e secreto egoísmo que induz o homem a arrancar à morte um farrapo ao menos da sombra que passou. Daí vem, talvez, a tristeza inconsolável dos que sabem os seus mortos na vala comum; parece-lhes que a podridão anônima os alcança a eles mesmos.”

(Quincas Borba - M. de Assis)



“(...) que a podridão anônima os alcança a eles mesmos.”uma oração:



a) adjetiva restritiva;

b) adjetiva explicativa;

c) adverbial condicional;

d) substantiva subjetiva;

e) substantiva objetiva direta.



35) UNIRIO - “(...) fi-la construir de propósito, levado de um desejo tão particular que me vexa imprimi-lo, mas vá lá.” O vocábulo sublinhado introduz oração que denota:

a) tempo;

b) causa;

c) condição;

d) comparação;

e) conseqüência.





GABARITO



01) D // 02) D //03) B //04) C //05) D //06) C //07) C //08) B //09) B //10) B //

11) A //12) E //13) C //14) E //15) A //16) B //17) A //18) D //19) C //20) A //21) A 22) 5 //23) A //24) E //25) E //26) A //27) C //28) D //29) E //30) D //31) C //

32) E //33) B //34) D //35) E

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Projeto Consciência negra: as vozes da resistência


Parabéns, Turminha!
Juntos construímos  e concluímos mais um projeto LINDO!

                                    Professora Tereza Buffone - Biologia, Ciências, Química 
                                                          Petrus , Maria Clara, Samara, Ana Carla , Milena

                                                                  Gisele e Natália
                                           Víctor, Caio, Paulo, Zwinglio
                                          Laís Rosa, Gabriela, J. Wilson, Décio Júnior

                                               Lorena, Luanna, Alanna, Laís
                                                        
                                        Professora Celeste - Língua Portuguesa  Professora Teresa - Biologia


                                    José Neto, Pedro, Jhonas, Saulo, Bianka, Raul, Larissa, Giovanna,
          Verônica, Professor Túlio - História
                                          Aismim, Francisco, Eduarda, Nathália, Rayane, Gisele
                                                        
                                          Laís, Letícia, Maria Eduarda, Suelen, Rebeca, Lívia

                                          Alfredo, Vinícius, Ícaro, Arthur, Matheus, Higino
                                           Natalie, Isis, Bárbara, Anna Luiza, Maria Luísa
                                          Paulo, Luís, Pedro, Pedro Victor, Lucas, Jorge
                                           Francisco, Gabriela, Lucas, Pedro

                                                      Victor, Caio, Samuel
                                                    
                                                         Tiago, Rafaela, Marcela, Camila, Mari
                                             Coordenadora Graça Tetti e Professora Cristiane - Inglês
                           
                                                  A feijoada da avó de Gabriel Santos


                                             Professor Adriano- Geografia  e  a vice-diretora Edinar Baia


                                                 Professor Israel Mendonça - Matemática
                                                   Yuri, Miguel, Wanessa, Gabriel, Arthur
                 Professora Helena - Língua Portuguesa e Anna Luiza 8o. ano B
                                     Professor Túlio - História / Professor Davisson -Matemática
                                                             Isabelle, Lêda, Davi
                                                      Higino, Matheus, Arthur, Ícaro, Henrique
                                        Eveline, Ananda, Hendrick, Rodrigo, Agnes, Fernanda

                                           Dêbora, Eliabe, Ademário, Larissa, Bruno, Gustavo
                                          Dominick, Daniel, Peron, Marcos, João, Pitt, Souza


                                                         Misssionária de Angola
                                            Adauto, Vinícius, Marcos, Pablo, Washington
                                           Eduarda, Pablo, Gabriela, douglas
                                            Leonardo, Silvio, Gabriel, Victor, Yorrana, Allana
                                                       Danusa, Erick, Patrícia, Camila


                                           Thayná, Cristine, Júlia, Jéssica, Rayane, Larissa, Camila

Projeto Consciência negra: as vozes da resistência

                                                         
                                                                    Professor Davison - Matemática
                                                 Professora Ceça Lima - Língua Portuguesa



                                                                        Irmão João






                                                      Professora Tereza Buffone - Ciências
                                                         Professor Israel Mendonça - Matemática