Pages

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Parônimos e homônimos

Homônimos são palavras com escrita ou pronúncia iguais, com significado (sentido) diferente.
A manga está uma delícia.A manga da camisa ficou perfeita.

Tipos de homônimos: homógrafos, homófonos e homônimos perfeitos.

Homógrafos – mesma grafia e som diferente.
Eu começo a trabalhar em breve.
O começo do filme foi ótimo.

Homófonos – grafia diferente e mesmo som.

A cela do presídio está lotada.
A sela do cavalo está velha.
Homônimos perfeitos – mesma grafia e som.
Vou pegar dinheiro no banco.
O banco da praça quebrou.
Parônimos: são palavras que apresentam significados diferentes embora sejam parecidas na grafia ou na pronúncia.

“Estória” é a grafia antiga de “história” e essas palavras possuem significados diferentes. Quando dizemos que alguém nos contou uma estória, nos referimos a uma exposição romanceada de fatos imaginários, narrativas, contos ou fábulas; já quando dizemos que fizemos uma prova de história, nos referimos a dados históricos, que se baseiam em documentos ou testemunhas. Ambas as palavras constam no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia Brasileira de Letras. Porém, atualmente, segundo o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, é recomendável usar a grafia “história” para denominar ambos os sentidos.

Outros exemplos:Flagrante (evidente) / fragrante (perfumado)
Mandado (ordem judicial) / mandato (procuração)
Inflação (alta dos preços) / infração (violação)
Eminente (elevado) / iminente (prestes a ocorrer)
Arrear (pôr arreios) / arriar (descer, cair)
Homônimos: são palavras que têm a mesma pronúncia, mas significados diferentes.
Acender (pôr fogo) / ascender (subir)
Estrato (camada) / extrato (o que se extrai de)
Bucho (estômago) / buxo (arbusto)
Espiar (observar) / expiar (reparar falta mediante cumprimento de pena)
Tachar (atribuir defeito a) / taxar (fixar taxa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário