Pages

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Revisão - Morfologia - As Classes Gramaticais I


Na língua portuguesa, existem dez classes gramaticais. Destas, seis são variáveis e quatro, invariáveis. 

Variáveis

Substantivo
Artigo
Adjetivo
Numeral
Pronome
Verbo

Invariáveis

Advérbio
Preposição
Conjunção
Interjeição



1. SUBSTANTIVO
          Substantivo é a classe gramatical que nomeia os seres:
          Objetos: O avião chegou.
          Pessoas: João vai estudar.
          Lugares: Moro em Campinas.
          Sentimentos: O amor nos engrandece.
          Estados: Todos necessitam de alegria.
          Qualidades: A honestidade é essencial.
          Ações: A pescaria foi divertida.
          Fenômenos da natureza: Chuva é importante.

Classificação dos substantivos

          Comum: indica um nome comum a todos os seres da mesma espécie.
                Ex: casa, homem, cidade, rio.

          Coletivos: entre os substantivos comuns encontram-se os “Coletivos”, que, embora estejam no singular, indicam uma multiplicidade da mesma espécie.
                Ex: Boiada: muitos bois
                Cardume: muitos peixes
Ramalhete: muitas flores

          Próprio: é aquele que particulariza um ser da espécie (pessoas, cidades, estados, países, rios, nomes de animais domésticos e outros):
Ex: Marcelo, São Paulo, Brasil.

          Concreto: indica seres reais ou imaginários, de existência independente de outros seres.
Ex: Casa (ser real)   /  Bruxa (ser imaginário)

          Abstrato: indica seres dependentes de outros seres.
 Ex: ódio / trabalho     / solidão
   Esses seres existem em função de outros seres:
   - o ódio é sentido por alguém: sentimento;
   - o trabalho é realizado por alguém: ação;
   - a solidão é o estado em que alguém se encontra: estado.

Formação dos substantivos

          Primitivo: é aquele que dá origem a outras palavras.
Ex: pedra     /     terra
          Derivado: é aquele que se forma de outras palavras.
Ex: pedreira / terreno

          Simples: é aquele formado por um radical.
Ex: flor  /      maçã       /  couve

          Composto: é aquele formado por mais de um radical.
Ex: banana-maçã (composto de banana + maçã)
       couve-flor ( composto por couve + flor)

2. ARTIGO

É a palavra que se antepõe ao substantivo para determiná-lo.
O artigo se classifica em:
          Definido: é aquele usado para determinar o substantivo de forma definida (precisa): o, a, os, as.
Ex: O menino foi ao parque.
O menino específico.

          Indefinido: é aquele usado para determinar o substantivo de forma indefinida (vaga, imprecisa): um, uma, uns, umas.
Ex: Um menino foi ao parque.
(qualquer menino)

3. ADJETIVO

É a palavra que caracteriza o substantivo.
Exemplos:
O bom homem me ajudou.
A vizinha estava alegre.
        O cidadão brasileiro escolheu seu presidente.

Locução adjetiva

É uma expressão formada com mais de uma palavra e com valor de adjetivo.
Exemplos:
Sapatos sem meias.
Touca de bolinha.
Período da manhã.
Faixa de idade.

4. NUMERAL

É a palavra que se refere ao substantivo dando a idéia de número.
Exemplos:
Choveu durante quatro semanas.
O terceiro aluno da fila era o mais alto.
Comeu meia maçã.

Classificação do Numeral

De acordo com o que indica, o numeral pode ser:
          Cardinal: indica uma quantidade determinada de seres: um, dois...
          Ordinal: indica a ordem (posição) que o ser ocupa numa série: primeiro, segundo...
          Multiplicativo: expressa ideia de multiplicação, indicando quantas vezes a quantidade foi aumentada: dobro, triplo...
          Fracionário: expressa ideia de divisão, indicando em quantas partes a quantidade foi dividida: meio, terço...

5. PRONOME

É a palavra que substitui ou acompanha um substantivo, relacionando-o à pessoa do discurso.
Ex: Paulo sorriu. Finalmente as coisas tomavam o rumo que ele desejava.
Substituindo ou acompanhando o substantivo, o pronome indica a pessoa do discurso (pessoa gramatical):
          Eu (nós): primeira pessoa (a pessoa que fala)
          Tu (vós): segunda pessoa (a pessoa com quem se fala)
          Ele (a) (s): terceira pessoa (a pessoa de quem se fala)

Classificação do pronome

Pronomes Pessoais: substituem os substantivos, indicando as pessoas do discurso. São eles: retos, oblíquos e de tratamento.
          Pronomes pessoais do caso reto: eu, tu, ele (a), nós, vós, eles (as).
          Pronomes pessoais do caso oblíquo:
Me, mim, comigo
Te, ti, contigo
O, a, lhe, se, si, consigo
Nos, conosco
Vos, convosco
Os, as, lhes, se, si, consigo

Formas pronominais

Os pronomes o, a, os, as adquirem as seguintes formas:
Lo, la, los, las, quando associados a verbos terminados em r, s ou z:
Encontra(r) + o = encontrá-lo
Encontramo(s)  + o = encontramo-lo
Fe(z) + as = fê-las

No, na, nos, nas, quando associados a verbos terminados em som nasal:
Encontraram + o = encontraram-no
põe + as = põe-nas

Pronomes pessoais de tratamento

Os pronomes pessoais de tratamento representam a forma de se tratar as pessoas, trato cortês (cerimonioso) ou informal (íntimo). Os mais usados são:
Você: v.     Pessoas familiares, íntimas
Senhor, Senhora: Sr. Srª.  Pessoas com as quais se mantém um certo distanciamento respeitoso
Vossa Senhoria: V. Sª.  Pessoas de cerimônia, principalmente em textos escritos como correspondências comerciais, ofícios, requerimentos etc.
Vossa Excelência:  V. Exª.   Altas autoridades: presidente da República, senadores, deputados, embaixadores etc.
        Vossa Eminência:  V. Emª.   Cardeais
Vossa Alteza:  V. A.   Príncipes e duques

                Vossa Santidade:  V. S.  O Papa
                Vossa Reverendíssima:  V. Vermª.  Sacerdotes e religiosos em geral
                Vossa Paternidade:  V. P.   Superiores de ordens religiosas
                Vossa Magnificência:  V. Magª.  Reitores de universidades
                Vossa Majestade:  V. M.  Reis e rainhas

Pronomes demonstrativos

São palavras que indicam, no espaço ou no tempo, a posição de um ser em relação às pessoas do discurso.

Posição no espaço:
Este caderno é meu.
Este: indica que o caderno está próximo da pessoa que fala.
Esse caderno aí é teu.
Esse: indica que o caderno está próximo da pessoa que ouve.
Não sabemos de quem é aquele caderno lá.
Aquele: indica o caderno distante de ambas as pessoas.

                Posição no tempo
                Este ano está sendo bom para nós.
                Este: referindo-se ao ano presente
                Esse ano que passou foi razoável.
                Esse: referindo-se a um passado próximo
                 Aquele ano foi terrível para todos nós.
                Aquele: referindo-se a um passado distante.

Pronomes indefinidos

São palavras que se referem à 3ª pessoa do discurso, dando-lhe sentido vago (impreciso) ou expressando quantidade indeterminada.
Ex: Alguém está chegando. (Alguém refere-se à 3ª pessoa sem identificá-la).
Compareceram muitos pais à reunião. (Muitos refere-se à 3ª pessoa sem determinar o número exato).
Algum, alguma, alguns, algumas, algo
Nenhum, nenhuma, nenhuns, nenhumas, alguém
Todo, toda, todos, todas, nada
Muito, muita, muitos, muitas, ninguém
Pouco, pouca, poucos, poucas, tudo
Certo, certa, certos, certas, cada
                Outro, outra, outros, outras, outrem
                Quanto, quanta, quantos, quantas, quem
                Tanto, tanta, tantos, tantas, mais
                Vário, vária, vários, várias, menos
                Diverso, diversa, diversos, diversas, demais
                Um, uma, uns, umas
                Qual, quais
                Bastante, bastantes

Locuções Pronominais

São locuções pronominais indefinidas duas ou mais palavras que equivalem a um pronome indefinido.
Exemplos:
Apenas uma ou outra pessoa parava para ver o espetáculo.
Qualquer um poderá participar do concurso.

Algumas locuções pronominais indefinidas:
Cada qual
Cada um
Quem quer que seja
Seja quem for
Qualquer um
Todo aquele que
Tal e qual

Pronomes Interrogativos

São aqueles usados na formulação de uma pergunta direta ou indireta. Assim como os indefinidos, referem-se à 3ª pessoa do discurso:
Que dia é hoje? (interrogativa direta)
Diga-me que dia é hoje.(interrogativa indireta)
Quem fez isso? (interrogativa direta)
Não sei quem fez isso. (interrogativa indireta)
Pronomes Interrogativos:
Que, quem, qual (e variação), quanto ( e variação).

Pronome Substantivo e Pronome Adjetivo

Pronome Substantivo é aquele que substitui o substantivo ao qual se refere.
Pronome Adjetivo é aquele que acompanha o substantivo com o qual se relaciona.
Exemplo:           
Alguns alunos estudam o suficiente, outros (alunos) não.
Alguns = pronome adjetivo
Outros = pronome substantivo

Exercícios 



1. Indique a alternativa em que todos os substantivos são abstratos:
a) tempo – angústia – saudade – ausência – esperança– imagem;
b) angústia – sorriso – luz – ausência – esperança –inimizade;
c) inimigo – luz – esperança – espaço – tempo;
d) angústia – saudade – ausência – esperança – inimizade;
e) espaço – olhos – luz – lábios – ausência – esperança.

2. Assinale a opção que completa adequadamente as lacunas da frase seguinte:
Os pesquisadores e o Governo freqüentemente assumem posições distintas ante os problemas nacionais: _______________ se preocupam com a fundamentação científica, enquanto ____________ se guia mais pelos interesses políticos.

a) aqueles, este

b) esses, aquele

c) estes, esse

d) estes, aquele

e) aqueles, aquele


3. Assinale a alternativa que contenha substantivos, respectivamente,abstrato, concreto e concreto:

a) fada, fé, menino.

b) fé, fada, beijo.

c) beijo, fada, menino.

d) amor, pulo, menino.

e) menino, amor, pulo.


4. Assinale o item em que não é correto ler o numeral como vem indicado entre parênteses:
a – Pode-se dizer que no século IX (nono) o português já existia como língua falada.
b – Pigmalião reside na casa 22 (vinte e duas) do antigo Beco do Saco do Alferes, em Aparecida. 
c - Abram o livro, por favor, na página 201 (duzentos e um). 
d – O que procuras está no art. 10 (dez) do código que tens aí à mão.
e – O Papa Pio X (décimo), cuja morte teria sido apressada com o advento da Primeira Guerra Mundial, foi canonizado em 1954.



5. Analise as duas orações que seguem e atenda ao propósito de responder ao seguinte questionamento:
O prêmio foi entregue a um garoto.
Na biblioteca havia apenas 
um garoto estudando.
Quanto à classe morfológica, os termos em destaque possuem a mesma classificação? Justifique.






1.D, 2. A, 3.C, 4 B, 5. Não, pois na primeira oração trata-se de um artigo indefinido. E na segunda, um numeral cardinal.


 Disponível em 
colegioevangelicojaragua.pbworks.com
http://gramaticaelinguagem.blogspot.com.br
http://exercicios.brasilescola.com




5 comentários:

  1. Excelente!!! Muito bom mesmo Professora!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, professora. Com os devidos créditos, usarei seu material em minha sala de aula ao invés da revisão na gramática de Cereja e Magalhães. Forte abraço!

    Ps: foi lindo ver a foto de Cora Coralina em sua capa. *-*

    ResponderExcluir
  3. Obrigadooo !!! Eu tava na escola japonesa aqui no japão, e estava com muitas dificuldades em portugues, vc me ajudo muitooo !!!!
    Obrigado de Coração !!! S2

    ResponderExcluir