Pages

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

A MORTE DE OFÉLIA



Alexandre Cabanel


Ofélia é uma das personagens secundárias da peça teatral Hamlet, do dramaturgo inglês William Shakespeare. Escrita em 1601 e considerada sua obra mais densa, Hamlet, obra e personagem, influenciaram profundamente a cultura ocidental. As modificações sofridas pela peça, em diversas encenações e apropriações por vários ramos da arte e da cultura popular, ao longo dos anos, revelam os gostos, os interesses, as questões e as preocupações das épocas, e auxilia na compreensão de como e por que se constroem os mitos.

Paradoxalmente, o interesse de diversos pintores ao longo dos tempos recaiu exatamente sobre Ofélia, mais precisamente sobre sua loucura e sua morte nas águas. A predileção pela personagem, em detrimento de outras, é considerável: não há outra personagem de Shakespeare que tenha sido mais retratada na pintura. Desde 1740, quando se teve notícia das primeiras ilustrações da peça, ela foi retomada pelas artes plásticas como o arquétipo da donzela indefesa. Derivada do tipo feminino da noiva ou amada morta em plena juventude - tipo caro aos poetas românticos - representava um modelo espiritualizado e espectral de mulher.

http://www.google.com.br/

Um comentário:

  1. Terei muito gosto em apresentar uma obra minha onde a personagem é Ofélia

    ResponderExcluir