Pages

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Morfossintaxe - Exercícios

1. Na oração: “Foram chamados às pressas todos os vaqueiros da fazenda vizinha”, o núcleo do sujeito é:

a) todos;

b) fazenda;

c) vizinha;

d) vaqueiros;

e) pressas.

2. Assinale a alternativa em que o sujeito está incorretamente classificado:

a) chegaram, de manhã, o mensageiro e o guia (sujeito composto);

b) fala-se muito neste assunto (sujeito indeterminado);

c) vai fazer frio à noite (sujeito inexistente);

d) haverá oportunidade para todos (sujeito inexistente);

e) não existem flores no vaso (sujeito inexistente).


3. Em “Éramos três velhos amigos, na praia quase deserta”, o sujeito desta oração é:

a) subentendido;

b) claro, composto e determinado;

c) indeterminado;

d) inexistente;

e) claro, simples e determinado.


4. Indique a única frase que não tem verbo de ligação:

a) o sol estava muito quente;

b) nossa amizade continua firme;

c) suas palavras pareciam sinceras;

d) ele andava triste;

e) ele andava rapidamente.


5. Considere a frase: “Ele andava triste porque não encontrava a companheira”, os verbos grifados são respectivamente:

a) transitivo direto - de ligação;

b) de ligação - intransitivo;

c) de ligação - transitivo - indireto;

d) transitivo direto - transitivo indireto;

e) de ligação - transitivo direto.


6. “O toque dos sinos ao cair da noite era trazido lá da cidade pelo vento”. O termo grifado é:

a) sujeito;

b) objeto direto;

c) objeto indireto;

d) complemento nominal;

e) agente da passiva.


7. Na oração “Mestre Reginaldo, o impoluto, é uma sumidade no campo das ciências” - o termo grifado é:

a) adjunto adnominal;

b) vocativo;

c) predicativo;

d) aposto;

e) sujeito simples.


8. Na expressão: “por todos era apedrejado o Luizinho”, o termo grifado é:

a) objeto direto;

b) objeto indireto;

c) sujeito;

d) complemento nominal;

e) agente da passiva.

9. Dentre as orações abaixo, uma contém complemento nominal. Qual?

a) Meu pensamento é subordinado ao seu.

b) Você não deve faltar ao encontro.

c) Irei à sua casa amanhã.

d) Venho da cidade às três horas.

e) Voltaremos pela rua escura ...

10. Em “a linguagem do amor está nos olhos” – os termos grifados são respectivamente:

a) complemento nominal e predicativo do sujeito;

b) adjunto adnominal e predicativo do sujeito;

c) adjunto adnominal e objeto direto;

d) complemento nominal e adjunto adverbial;

e) adjunto adnominal e adjunto adverbial.

11. “Diga ao povo que fico” é um período:

a) simples;

b) composto por coordenação;

c) composto por subordinação;

d) composto por coordenação e subordinação;

e) composto de três orações.


12. Confiamos no futuro Desconhecemos as coisas do futuro. Temos confiança no futuro

- Nas expressões acima, os termos grifados funcionam respectivamente, como:

a) objeto indireto; adjunto adnominal; complemento nominal;

b) objeto indireto; complemento nominal; objeto indireto;

c) objeto indireto; objeto indireto; complemento nominal;

d) objeto direto; adjunto adnominal; objeto indireto;

e) objeto direto; sujeito; complemento nominal.

13. O predicado é nominal em:

I - Você acha Cristina bonita, mamãe?

II - O mundo podia ser tranquilo.

III - “Zé Mané” não estava embriagado.

IV - O guarda noturno permanece atento a todos os perigos.

V - Os transeuntes ficaram assustados.

a) I - II - III;

b) II - III;

c) II - IV;

d) III - IV - V - II;

e) I - II - IV.

14. Em: “Bebe que é doce, papai” – a palavra grifada funciona como:

a) sujeito;

b) aposto;

c) vocativo;

d) adjunto adverbial;

e) adjunto adnominal.

15. Só muito mais tarde vim, a saber, que a chuva os ___________ na estrada e que não _________ ninguém que ______________.

a) detera; houve; os ajudasse;

b) detivera; houve; os ajudasse;

c) detera; teve; ajudasse eles;

d) detivera; houve; ajudasse eles;

e) detivera; teve; os ajudasse.


16. Se ele _________, não ___________ de rogado, ___________ que não os receberei.

a) vir – te faças – diz-lhe

b) vier – te faz – diz-lhe

c) vir – te faça – dizer-lhe

d) vier – te faças – dize-lhe

e) ier – te faças – diga-lhe

17. “Ele ___________ o carro a tempo, mas não ____________ a irritação e ___________ - se com o outro motorista”.

a) freou – conteve – desaveio

b) freiou – conteu – desaveu

c) freou – conteve – desaviu

d) freiou – conteve – desaveio



18. Assinale a frase em que há um erro de conjugação verbal:

a) Requeiro-lhe um atestado de bons antecedentes.

b) Ele interviu na questão.

c) Eles foram pegos de surpresa.

d) O vendeiro proveu o seu armazém do necessário.

e) Os meninos desavieram-se por causa do jogo.



19. – Assinale a sequência de conjunções que estabelecem, entre as orações de cada item, uma correta relação de sentido.


1. Correu demais, ... caiu.

2. Dormiu mal, ... os sonhos não o deixaram em paz.

3. A matéria perece, ... a alma é imortal.

4. Leu o livro, ... é capaz de descrever as personagens com detalhes.

5. Guarde seus pertences, ... podem servir mais tarde.


a) porque, todavia, portanto, logo, entretanto

b) por isso, porque, mas, portanto, que

c) logo, porém, pois, porque, mas

d) porém, pois, logo, todavia, porque

e) entretanto, que, porque, pois, portanto

20. “Entrando na faculdade, procurarei emprego”, oração sublinhada pode indicar uma idéia de:

a) concessão
b) oposição
c) condição
d) lugar
e) consequência

21- Determine o valor semântico das conjunções: adição, oposição, escolha, conclusão, explicação, causa, comparação, condição, concessão.
a) Não só conversa como também atrapalha os colegas.
b) Faça estes exercícios, pois fazem parte da matéria da prova.
c) O sol demorou a surgir, por isso fomos à praia mais tarde.
d) Eram idéias interessantes, porém ninguém concordou com elas.
e) Não cumpriu sua promessa; ficamos, portanto, desapontados com sua atitude.
f) Como é estudioso sempre sai na frente.
g) Vocês são mais estudiosos que os outros
i) Caso vá à festa, avise-me.
j) À proporção que estuda mais aprende.



22. Observe as frases abaixo:
1. O perigo de desabamento está próximo.

2. No levantamento da população de São Paulo houve distorções.

3. Na repartição das armas, a presença do furriel é importante.

4. Toda espécie de contrabando de drogas deve ser repreendido.



Os vocábulos grifados equivalem respectivamente a:

a) iminente, censo, seção e tráfego.

b) iminente, censo, seção e tráfico.

c) eminente, senso, cessão e tráfico.

d) eminente, senso, sessão e tráfego.



23. Quanto à paronímia, assinale a alternativa correta:

a) O meu pai sempre foi um pião de fábrica, um líder no lar, um homem justo.

b) Diante de minha sólida argumentação, só restou ao tenente diferir meu requerimento.

c) Tive gana de provocar um prejuízo vultuoso na firma. Afinal, era um bom tesoureiro.

d) Não o cria tão insensível quanto parecia. A discrição impunha-lhe tenaz

responsabilidade.



24. A alternativa que representa o par de orações em que ocorre o mesmo caso de

homonímia é:

a) O alfaiate coseu bem o terno. / O marido cozeu o feijão.

b) Cerraram todas as portas durante a greve. / Serraram as madeiras.

c) A aluna foi descriminada pela sua falta. / Os colegas a discriminaram.

d) Ele passou-lhe um cheque sem fundo. / Deu-lhe um xeque no jogo de xadrez.

e) Tudo ocorreu antes, como havíamos previsto. / Quando estou com fome, como

qualquer coisa.



25. Assinale a alternativa em que a associação está correta:
I. Deus fez a luz; depois criou a natureza e, finalmente, formou o homem.
II. Se quiseres vencer na vida, cultiva a paciência e segue a lei do Amor.
III. Sabemos que o homem chegou à Lua.
IV. Com aquela viagem, queria ter uma visão ampla sobre a situação do Brasil no mundo atual.

A- Período composto por coordenação.
B- Período composto por subordinação.
C- Período simples.

D- Período composto por coordenação e subordinação.

( )I-A; II-B; III-C; IV-D

( )I-B; II-A; III-D; IV-C

(X )I-A; II-D; III-B; IV-C


Turminha,

A nossa aula de hoje foi muito boa, trabalhamos a apostila e, infelizmente, só conseguimos chegar até a questão de número doze. Assim, vai o gabarito até a 12. O restante postarei no próximo sábado. Beijo

1D , 2E, 3A, 4E,5E, 6E, 7D, 8E, 9A, 10 E, 11C, 12A
13D, 14C, 15.E, 16.D, 17A, 18B, 19 B, 20 C, 22b, 23. D, 24C

9 comentários:

  1. Oi prof. Helena tudo bem?
    Aqui quem fala é julio, já fui seu aluno no Helena pugó em 2009.
    Tava catando uns exercícios aqui pela net e acabei encontrando por coincidência seu blog
    que legal hein?!(rsrsrs)
    Ficarei respondendo exercícios em sua pagina, e recomendarei também a outros.
    Fica com Deus Prof. Helena e muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Júlio!
    A paz do senhor!
    Bom encontrar você aqui, Júlio. Saudade grande de vocês... Turminha que eu amava muito! Mando um abraço bem apertado para todos. Que "O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça." Beijo !

    ResponderExcluir
  3. e as respostas? estou precisando bjs :* apartir da questao 12

    ResponderExcluir
  4. Postei o restante do gabarito. Espero ter ajudado!

    ResponderExcluir
  5. os exercícios são muito bons mas em algumas perguntas não se está grifado o que se pede.Mas eles me ajudaram bastante.

    Obrigado

    ResponderExcluir
  6. Olá, acabo de conhecer o site e gostei bastante dele.
    Estou estudando para concurso e gostaria de saber se existe a possibilidade da Prof. Helena comentar o gabarito da nona questão porque eu não a entendí muito bem.
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  7. 9. Dentre as orações abaixo, uma contém complemento nominal. Qual?

    a) Meu pensamento é subordinado ao seu.

    b) Você não deve faltar ao encontro.

    c) Irei à sua casa amanhã.

    d) Venho da cidade às três horas.

    e) Voltaremos pela rua escura ...

    Olá! É um prazer comentar a questão.

    A resposta é a letra A, porque há nomes que pedem complemento como a palavra subordinado, pois quem está subordinado está subordinado a alguém ou a alguma coisa: "Meu pensamento é subordinado ao seu"
    "ao seu" é o complemento do nome subordinado. Logo, é complemento nominal.

    ResponderExcluir
  8. Professora, quero saber se estes exercícios podem ser passados para alunos do 7 ano?
    Sou professora tb, porém me formei a pouco tempo. No referencial não menciona o que precisamento devo trabalhar. bjos .

    Jaqueline. MS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, professora Jaqueline!

      Os exercícios podem ser trabalhados com o 7o.ano - 6a.série -, desde que você tenha trabalhado os conteúdos. Os alunos dessa série são ainda pequenos, por isso, é necessário trabalhar com mais cuidado, ensinando como eles deverão agir diante de questões objetivas.

      Um abraço!

      Excluir